quinta-feira, 18 de julho de 2019

YouTube - REVISITANDO PIECES - Parte 2

Essa semana tem vídeo novo! Dando continuidade à série que revisita meu início de carreira como autor de Quadrinhos, hoje falamos um pouco sobre o nascimento da minha série Pieces.


De onde veio a inspiração para contar esse tipo de história e quais foram as principais influências naquele momento?
Conheça, também, a primeira HQ que fiz dessa série (que nunca fui publicada), e como ela deu o pontapé inicial para uma produção apaixonada e constante na minha formação como autor.

Assista abaixo, ou clique AQUI para ver no YouTube (e não se esqueça de se inscrever no canal e deixar o seu like e comentário!)



=== REVISITANDO PIECES:
Minha série de HQs autorais, Pieces, comemora 15 anos de criação e 10 anos de publicação em 2019. E para comemorar, esta série vai revisitar minha trajetória como autor independente de quadrinhos, como a série foi criada, minhas influências e planos para o futuro. Parte 1 - Trajetórias e Aniversários: https://youtu.be/ItLB8-23GTY ===

quarta-feira, 17 de julho de 2019

Evento - Domingo em Quadrinhos no SESC Paulista

No próximo domingo, 21 de julho, estarei no SESC Paulista para um evento muito bacana.

Domingo em Quadrinhos reúne alguns autores numa feira de publicações autorais (com meus livros e prints) e mais um bate-papo com Bianca Pinheiro e Guilherme Petreca sobre Quadrinhos infanto-juvenis, com mediação do Douglas, da Ugra.

Entrada é gratuita! Não perca.
14:00 - 18:00
Feira de publicações na sacada da biblioteca

16:00 - 17:00
Bate-papo com os autores no lounge da biblioteca




Release:
Domingo em Quadrinhos é um projeto que visa aproximar o público dos artistas e levar para a biblioteca do Sesc Avenida Paulista a vibrante e diversificada produção das Histórias em Quadrinhos brasileiras.
Aproveitando o mês de férias, a segunda edição do evento contará com a presença de dois quadrinistas que desenvolvem ou já desenvolveram trabalhos voltados para o público infanto-juvenil: Guilherme Petreca, autor de Ye e Superpunk, e Bianca Pinheiro, autora de Bear e de dois volumes da coleção Graphic MSP: "Mônica: Força" e "Mônica: Tesouros". A mediação da conversa será feita por Douglas Utescher, sócio da livraria e editora Ugra Press.
Na ocasião, haverá também uma pequena feira de quadrinhos e publicações independentes.

quarta-feira, 10 de julho de 2019

YouTube - DESENHANDO O HOMEM-ARANHA

E aí, você tem curiosidade de saber mais sobre o processo criativo dos artistas?

Bom, eu também. Adoro ver meus amigos, colegas e ídolos produzindo e comentando seus processos, seja em vídeo ou ao vivo. Por isso, decidi começar uma nova série no meu canal, onde vou desenhar e comentar os meus truques, sugerir materiais e filosofar sobre o desenho e o mercado.



E na estreia, vou desenhar um Homem-Aranha para vocês! Durante o vídeo, deixo alguns comentários sobre os materiais que usei, as escolhas feitas e algumas dicas para você tentar aplicar nas suas ilustrações. Todos os materiais têm links para você comprar (mas só na descrição do vídeo no YT).
A velocidade do vídeo durante o processo foi acelerada em 200%, ou seja, enquanto não tem narração, a velocidade é o dobro do que eu faço de verdade. Eu costumo desenhar bem rápido em alguns casos, e o processo todo de desenhar esse Aranha, que levou cera de uma hora ao todo, virou um vídeo com 25 minutos. Dá pra ver bem o processo, mas sempre aceito sugestões.





Ah! Quer esse Aranha para você? O original produzido neste vídeo está à venda na minha loja. Aproveite, é peça única e vai pra quem comprar primeiro. Só clicar AQUI!



Qual personagem você quer que eu desenhe no próximo vídeo? Que tipo de dicas de desenho, finalização ou qualquer outra etapa dos processos criativos você quer? De que materiais você gostaria que eu desse dicas ou demonstrasse? Deixem seus comentários, aqui e no canal.

Espero que curtam!

segunda-feira, 8 de julho de 2019

MONSTRUÁRIO VOL.2 - Novidades!

Oi, pessoal! Hoje é dia de NOVIDADES sobre o segundo volume de MONSTRUÁRIO!

Se você me acompanha também pelo YouTube (acesse meu canal pelo link), deve ter visto o vídeo onde comento o evento Comic Con Floripa, onde eu e o Lucas estivemos em Junho. Neste vídeo, revelamos, pela primeira vez, a capa de Monstruário Vol.2. 

O quê? Você não viu?  Não se preocupe, jovem. Hoje é dia de relembrar, e divulgar mais uma vez a capa de nosso novo trabalho. E não é só isso: agora, com a sinopse e algumas páginas! Com vocês, MONSTRUÁRIO VOL.2:

CAPA:


TEASER:








=======
SINOPSE:
            Em um mundo onde todos são obrigados a registrar seu monstro em um departamento do governo, Lucia Drummond, que trabalha digitalizando antigas fichas de monstro, encontra uma pessoa sem monstro. Quem é essa pessoa e o que significa viver sem monstro... ou seja, sem medo?

            A busca de Lucia Drummond pela verdade sobre Darcy e o real papel dos monstros na vida das pessoas continua em Ouro Preto, onde estão os arquivos do Departamento de Monstruário do Hospital de Barbacena. Sua jornada, arrancando-a da inércia de uma vida burocrática, a levou ao encontro de pessoas peculiares e estranhos lugares, mas a poucas respostas.

            Agora, Lucia precisa compreender qual é o significado de seu monstro, o Banshee, enquanto revisita seu passado e suas relações, numa investigação profunda que trará conclusões poderosas através da única forma de conhecimento que pode salvá-la: o conhecimento de si própria.
            Mas, quando há a necessidade de confrontar seu próprio medo, estaria Lucia olhando para seu monstro, para o abismo ou para um espelho?

            Nesta sequência direta da história iniciada em Monstruário Vol.1 (2017), os autores abrem, mais uma vez, as portas para esse universo de monstros pessoais e seus empoeirados arquivos. Em rota direta para a conclusão da saga de Lucia, os leitores novamente são convidados a refletir sobre seus próprios monstros: quais são seus medos reais, e como eles agem para limitar suas vidas… ou para impulsioná-los à verdade sobre si mesmos.

=======
EQUIPE CRIATIVA:
Roteiro: Lucas Oda
Arte: Mario Cau
Cores: Danilo Freitas
Projeto Gráfico: Maria Paula
Letras: Cadu Simões

=======
CITAÇÕES:
“Você nunca teve a sensação que sempre conversa com alguém? Um alguém que está o tempo todo contigo? Que silenciosamente te escuta e sutilmente te inspira? “Monstruário”, embora possa ser aterrador num primeiro momento, com essa trama de uma realidade onde monstros pessoais são catalogados, é, na verdade, imerso num lirismo e poesia que nos embala, nos assusta e principalmente nos coloca no caminho (se já não estivermos) do entendimento do que é importante termos para vivermos e convivermos neste mundo.”
- Laudo Ferreira, quadrinista, do seu texto de apresentação.


“Testemunhamos tempos estranhos. Preconceito, ódio, obscurantismo e principalmente falta de empatia têm suas vozes amplificadas (e até legitimadas). E o medo, esse sentimento primordial, está permeando a vivência de quem não compactua com propostas velhas e perigosas.
Ainda não sabemos o que virá pela frente, mas se tem algo que eu gostaria que ficasse claro na sua leitura do “Monstroverso” é que uma sociedade regida pela ignorância, medo e preconceito não tem como dar certo. Seu futuro está, inegavelmente, comprometido.
A nós, que somos livres, resta lutar para que não deixemos o nosso medo tomar conta, nem o medo infundado nutrido por “eles” vire regra. (..) Sejamos maiores que os medos.”


- Mario Cau, quadrinista e coautor, de seu prefácio.
=======

Monstruário Vol.2 será publicado pela Jupati Bpooks, selo da Marsupial Editora, assim como o Volume 1. Não há data ainda para o lançamento, mas não deve demorar tanto. Assim que tivermos novidades, divulgaremos em todas as redes sociais, inclusive datas de sessões de autógrafos.

Agradeço de coração a todo o apoio e confiança que vocês, queridos leitores e amigos, nos dão. Sabemos que leva mais tempo do que a gente queria para os livros serem publicados, mas é assim que a máquina anda, e fizemos um trabalho muito especial para vocês. Tenham certeza disso. 


terça-feira, 2 de julho de 2019

YouTube - Revisitando PIECES – Parte 1: Trajetórias e Aniversários


Esse ano tem dois aniversários muito importantes para minha carreira!

Minha série de HQs autorais, Pieces, comemora 15 anos de criação e 10 anos de publicação em 2019. E para comemorar, esta série vai revisitar minha trajetória como autor independente de quadrinhos, como a série foi criada, minhas influências e planos para o futuro.


 Neste primeiro vídeo, falo um pouco sobre o papel de Pieces ao longo da minha carreira.




Espero que curtam o vídeo! Assinem o canal, deem um like e compartilhem, aquele lance de sempre. E se tiverem alguma pergunta, é só deixar aí nos comentários e eu respondo assim que puder!

sexta-feira, 28 de junho de 2019

Ser Autor - Como você gerencia sua Energia Criativa?

Acompanho o trabalho do Jake Parker há um tempo. Seja nas redes sociais (especialmente o Instagram, onde podemos ver sua arte), seja no YouTube (onde ele teve uma fase muito boa criando conteúdo para artistas,quadrinistas e empreendedores criativos), ele sempre traz uma sabedoria de quem tem vivência com uma leveza que, pensando nos tempos acelerados que vivemos, é meio rara. Todo seu perfil dialoga com o meu, e aprendo muito com ele em todas as suas produções. O cara é uma grande inspiração e hoje não foi diferente.

Assinei a Newsletter do Jake há umas semanas, para me manter em contato com suas reflexões, e hoje recebi uma bem bacana. Ele comenta sobre um livro que está lendo, chamado "War of Art", de Steven Pressfield. E um dos trechos que ele cita e depois reflete sobre me deixou pensando. 

Nos últimos meses, tenho andado desanimado, sem inspiração e um pouco confuso com meu trabalho. Tendo concluído praticamente tudo de Monstruário Vol.2, minha ideia era seguir em frente para o próximo projeto. Porém, por motivos diversos, Monstruário não evoluiu como esperado, e continua em fase de pós-produção e revisão. Na minha cabeça, a essa altura, já deveria ter saído, mas forças além da meu alcance fizeram com que o lança,mento atrasasse. O livro vai sair, sim, com toda certeza, mas não mais no primeiro semestre como prometido. 

Meu alento é saber que eu fiz toda a minha parte e mais, sempre estando presente no processo quando necessário. Inclusive, como editor. Essa presença tirava o foco do próximo projeto, que, vejam só, acabou também sendo deixado em segundo plano por motivos além do meu controle. 

Em meio a um tipo de limbo, onde eu não sabia direito o que fazer e tinha uma lista de coisas pra serem feitas, a energia para produzir arte só diminuía. Então, tarefas, projetos e obrigações ligadas ao campo criativo foram ficando mais difíceis de resolver. Estava desanimado, e em alguns momentos, desacreditado, num panorama grande. Não só com o meu projeto atual, mas com o mercado inteiro e as possibilidades para o futuro. Meio dramático, mas hey, eu sou assim.

Nos últimos dias, as coisas têm melhorado. Depois de passar uns dias doente e bagunçado por causa do antibiótico, graças à volta para terapia (a real, não a HQ...), a conseguir organizar e resolver questões internas aqui de casa (vida real, ela existe), e determinar que tal e tal projeto, agora, não vão ter mais minha prioridade (afinal, de que adianta eu ficar em stand by para que processos que não dependem de mim evoluam se isso só me traz ansiedade e desânimo...?), consegui desenhar umas coisas e retomar o projeto que, esse sim, depende apenas de mim.

E foi nessa sexta, depois de uma semana me reorganizando, que o Jake chegou com sua Newsletter e me brindou com essa reflexão, que traduzi para vocês:

"Vou deixá-los com uma coisa que têm me dado muito oque pensar. A força gravitacional do seu trabalho.

Na página 108, Pressfield diz: 'Quando nos sentamos, a cada dia, para fazer nosso trabalho, um poder (ou força) se concentra em torno de nós.' Produzir alguma coisa nos custa energia, mas quando você comparece para fazê-lo (e aqui eu quero dizer, de fato botar a caneta no papel) os deuses da criatividade emprestam sua mão e ajudam. 

No final do dia, você tem uma pequena massa de matéria criativa que consegue se manter estável. Quanto mais você trabalha nisso, mais massa criativa seu projeto acumula, até que ele tem o suficiente para te tirar da cama e te sugar pra dentro dela todo dia. 

Porém, deixa-a de lado e a consequência é menos atração. Se você largar mão de uma ideia ou projeto, eles flutuam pra longe ao invés de se agregar à massa criativa.

Tudo isso para dizer que você precisa se mexer e fazer o seu trabalho criativo. E ser consistente. É o único jeito de se concluir qualquer coisa."

Bom, eu não poderia concordar mais. A frequência, a assiduidade do autor em seu projeto, faz muita diferença. A inércia é sempre complicada de romper, e vivemos uma época onde procrastinação, ansiedade, auto estima e tantas outras questões podem abalar nosso rendimento como artistas. Essa citação do Jake é muito pertinente porque ressoa com muito doque acredito ser verdade no processo criativo. Não adianta ficar parado esperando ou culpar fatores diversos pela falta de resultados. Você precisa agir, mergulhar, se permitir focar no que ama e fazer tudo de forma profissional e apaixonada, e isso vai criando uma energia muito boa em torno da sua rotina e do seu projeto.

Eu tenho uma teoria (que vai virar um vídeo no meu canal em breve) que compara nosso desenvolvimento em projetos com um trem: é preciso, no começo, romper a inércia e forçar a máquina a se mover. Eventual,ente, você atinge uma velocidade estável e os resultados também vão sendo gerados de forma estável, até que você precisa parar. Quanto mais tempo a locomotiva fica parada, mais difícil é romper novamente a inércia e mais  energia você vai ter que usar (mental e física) para se aproximar daquele fluxo incrível de produção, a submersão tão almejada e que faz tudo parecer fácil.

Então, após vários dias de inércia, me sinto novamente fazendo a máquina andar, rompendo a ferrugem mental e física. Eu simplesmente amo estar "in the zone", produzir, desenhar e editar com ritmo,com paixão, com tesão. E não é sempre que isso acontece. A vida, jovens, às vezes vai te exigir a presença noutras questões, e é preciso saber onde investir energia e planejar tudo, não só seus projetos artísticos, mas a vida toda. Faça disso sua responsabilidade, seja profissional no trabalho e atencioso,carinhosos e dedicado na sua vida real (mas não gaste sua energia com coisas que te deixam pra baixo, a vida é curta pra perder tempo com o que não nos faz bem). 

Meu próximo projeto vai ser anunciado no meu próximo vídeo do YouTube, enquanto aguardamos novidades sobre o lançamento de Monstruário Volume 2.

Se você curtiu esse texto e esse assunto, deixa seus comentários! Fale oque pensa e oque sente sobre isso, e vamos trocar ideias.

YouTube - ComicCon FLORIPA + NOVIDADE DE MONSTRUÁRIO VOL.2

Semana passada teve vídeo novo no meu canal: é o primeiro Vlog de Eventos. Neste quadro, vou falar sobre os eventos que participo, com uma breve análise e minhas impressões. E o primeiro evento analisado é a Comic(Con) Floripa, que rolou nos dias 8 e 9 de junho em Florianópolis – SC.

E tem mais! Fique até o fim do vídeo, porque ele tem uma novidade quente sobre Monstruário Volume 2... E, para vocês, eu dou spoiler: divulgamos a capa do livro!

Para conhecer mais do evento:
Instagram: https://www.instagram.com/ccfloripa/ Facebook: https://www.facebook.com/ccfloripa/ Veja mais sobre o evento (incluindo uma participação minha e do Lucas) no canal Entrelinhas e Cenas: https://youtu.be/VOWeFOKgPRI Concorda? Discorda? Deixe seu comentário abaixo!

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Youtube - QUALIDADE, CUSTO OU PRAZO – O que você prioriza?

Tem vídeo novo no meu canal! Dessa vez, em mais uma coluna #SerAutor, vamos debater a relação entre três aspectos do nosso trabalho como ilustradores (artistas, desenhistas, quadrinistas, designers, etc., e também vale para qualquer área de prestação de serviços!) e como essa relação afeta nosso clientes.


Clique na imagem para assistir ao vídeo

O que você prioriza no seu trabalho? E o que prioriza como cliente? Três âmbitos do nosso trabalho funcionam em conjunto, mas não devemos sempre oferecer a melhor situação das três ao mesmo tempo. Hoje vamos conversar sobre as consequências resultantes de quando optamos por alguma configuração onde um desses âmbitos sai prejudicado. Para isso, vamos usar o Diagrama de Venn e o Triângulo das Restrições! Novamente a proposta é refletir sobre qual é a postura mais ideal, como profissional, para atender seus clientes. A ideia é te convidar a pensar sobre o assunto e alertar para que nós todos paremos de cair em armadilhas onde a configuração de um trabalho nos deixa prejudicado de alguma forma. Concorda? Discorda? Deixe seu comentário abaixo (ou na página do vídeo)! Espero que curtam o vídeo! Assinem o canal, deem um like e compartilhem, aquele lance de sempre. E se tiverem alguma pergunta, é só deixar aí nos comentários e eu respondo assim que puder!

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Evento - Comic Con Floripa

Está chegando mais um evento de Quadrinhos! A Comic(Con) Floripa acontece nos dias 8 e 9 de junho, em Florianópolis. 


Eu e o Lucas Oda estaremos lá no Artist Alley com as HQs do Monstruário e meus outros títulos. Ah, vai ter prints da série 2018 e os novos da série 2019. Caso tenha interesse em encomendar uma comission, é só enviar um email pelo meu site!

Veja a programação completa e mais informações sobre o evento no site e também pelo Facebook. Falando na rede, tem a página do evento, marque sua presença.


Estaremos te esperando!

CCFLORIPA
8 e 9 de junho de 2019
Localização:
Centrosul – Centro de Convenções de Florianópolis 
Av. Gustavo Richard, 850 – Centro, 88010-290 Florianópolis - SC

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Entrevista e mídia - Terapia e CAF

Começando a semana com duas novidades!

O classudo podcast HQ Sem Roteiro, do PJ Brandão, recebeu a Kellen Bonassoli para a seção "Me indica uma HQ", onde ela falou sobre Terapia.

Você pode ouvir o podcast no Spotify por este LINK, ou acessar o site do HQ sem Roteiro e conhecer mais episódios.


Também saiu uma entrevista que dei para o Cinema e Pipoca, do Éder, falando sobre trabalhos com quadrinhos e algumas novidades que podem vir em breve. Você pode assistir pelo YouTube, mas não deixe de conhecer o site do Cinema e Pipoca AQUI.




Kell e Éder, MUITO OBRIGADO pela força!