quinta-feira, 29 de maio de 2008

Sinal dos Tempos

Adivinha o que é isso.



Meu primeiro cabelo branco.

Ou pelo menos, o primeiro que alguém percebe. O primeiro que me preocupa, o primieor que me deixou meio chateado.

Foi a Poli que achou ontem.

Não que eu tenha problemas com cabelos grisalhos ou com idade. Aliás, eu acho cabelo grisalho um charme legal.

Mas...
CARALHO EU TENHO SÓ 23 ANOS!!!


Não é pra ter cabelo branco... Sei que ando trabalhando bastante, sempre ocupado, sempre com projetos e reuniões e ilustras e aulas... E preocfupaç~çoes, e falta de escrever, e falta de auto-entendimento e de atitudes necessárias.

É verdade, eu estou cansado... de fazer tudo e não fazer nada pra mim. De não conseguir parar e seguir um projeto pessoal com a tranquilidade de que eu vou ter tempo pra fazer.
Eu odeio ficar parado, e não abro mão das minhas aulas... mas todo o resto... todo o resto, às vezes parece que eu faço tudo que faço e nada é de verdade, pra mim. E quando algo meu eu faço, vem um tipo de mini-culpinha (eu odeio o sentimento de culpa) que fica me enchendo o saco por um tempo.

Tempo.
Eu preciso.

Eu me sinto, muitas vezes, velho, underused, sem grande mojo pra fazer o que é preciso. Simplesmente funcionando, e desempenhando as coisas que preciso fazer, mas sinto falta de outras coisas que são tão - ou mais - necessárias.

E aí vem esse cabelo branco.

(...)

Sei que posso ter falado algo chato (pra vcs, leitores) aqui agora, mas era preciso. Eu não escrevo mais como antes, então qualquer oportunidade de manifestar essas coisas, mesmo que controladas e veladas, eu pego.

Ta tudo non-stop desde o final do ano passado. Se eu for mesmo pra San Diego (odeio a dúvida constante, pq toda hora que eu vejo, tem algo errado e me desanima), seria uma chance pra relaxar. Vamos ver...

Enquanto isso, fiquem tranquilos, poucos raros (nos dois sentidos da palavra, May), pq eu não vou parar.






(nem poderia)






(e enquanto isso, certas coisas permanecem planos que serão um dia realizados)





Aliás, de volta à prancheta agora.

Um comentário:

Mariana Guerra disse...

É meio comum aparecer cedo por conta da genética ou stress, né? Deve ser esse seu caso, fazer coisas demais ao mesmo tempo!
Nota também se você fica gripado muito fácil, se sim, melhorar parar um pouco. VIU?!
Espero que você vá mesmo para San Diego, além de ser importante, vai ser uma delícia. Tenho certeza!
E, por acaso, eu noto que os posts do Mário 2008 não é igual ao de 2005(os que eu cosidero melhores), deve ter uma trasição, provavelment e melhora, ou volta ao notmal.
Torço por você e sua viagem!
Alguns dias eu te acho raro também, dá vontade de ler alguma coisa aqui, mas daí eu fico dias esperando. E você tá em falta com os desenhos que prometeu, quer que eu faça as contas para você? ;)

Beijo, vovô!(eu tinha que fazer uma brincadeira dessas, desculpa).