segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

O Mágico de OZ

Eu tinha prometido um tempo atrás que assim que passasse a exposição da Pandora (Fabulosas Fábulas, lembra?), eu colocaria um passo-a-passo do meu trabalho, sobre o Mágico de Oz.

As imagens abaixo foram retiradas do meu caderno de rascunhos, que me acompanha sempre, fiel esconderijo de alguns manifestos visuais, estudos e experiências visuais. Dá pra ver uma evolução no desenho dos personagens... Se bem que desde 2005 eu plçanejo desenhar isso e os visuais meio que seguiram as propostas que eu já tinha. O Homem de Lata meio máquina e meio homem, um Leão cheio de cicatrizes e bandagens, e o Espantalho com roupa de peregrino, alto e magrelo...







E depois, a evolução da ilustração em si. Primeiro, o rascunho mais solto com caneta pincel, pra estruturar a cena:



Depois, o desenho a lápis:

A arte-final, com pincel e nanquim... Juro que não usei canetas nesse.

Depois da arte-final, fiz uma aguada de nanquim no fundo, pra deixar um pouco mais fantasmagórico. Eu queria evitar ao máximo o clima feliz e colorido do filme de 30 e poucos.

Aí, escaneei, mandei imprimir num gráfica expressa, e comecei a fazer testes de cor. Para pintar a versão final, usei marcadores Prismacolor, e canetas hidrográficas da Faber-Castell.

É isso aí. Espero que tenham gostado. Geralmente meus trabalhos se formam assim...
Logo postarei mais novidades!

5 comentários:

Gabriel S. disse...

Muito bom cara, gostei mesmo!
Vai ser uma publicação independente mesmo?

Karlisson disse...

Perfeito, perfeito! Deviam te chamar pra fazer os storyboards do filme :D

sam disse...

como que faz pra comprar esse poster, hen? :)

Vencys_lao disse...

Ohohohoho Marvadão!

Cara curto pra caramba os estudo que vc faz! Animal!

E ta muito fera esse processo que vc mostrou! OO

Carlos Libanio disse...

Fala Mario paz e bem?
Cara gostei demais das sua artes, muito da hora, parabéns você é muito bom!