terça-feira, 12 de abril de 2011

Arte-Final: Materiais e Técnicas, parte IV

Olá novamente! Finalmente é hora de mais um post sobre materiais e arte-final. Desta vez, vamos nos concentrar no que chamo de canetas brushpen de ponta emborrachada.



Kuretake No. 55 Double Sided Brush Pen - Hard & Soft

Essa caneta é muito versátil. Tem duas pontas, sendo uma brush, simulando pincel, e outra fina, dura e com jeito de hidrocor/ponta porosa. A ponta de pincel é boa, mas não tão boa. Ela seca muito no meiodo traço, mas sem deixar aquela caracterítica de "pincel seco", e sim um rastro que lembra giz, ou mesmo uma canetinha hidrocor com pouca tinta. Para traços rápidos e curtos, ela funciona muito bem. Costuma borras um pouco.
Na verdade, eu uso muito mais a ponta porosa dela, pra traços mais finos e sem modulação, e para escrever.

Zebra sem nome certo

Esta será um mistério. Eu a compro na Casa da Arte em Campinas, quando tem. Não achei em muitos lugares, e nenhum site até hoje me disponibilizou essa caneta. Imagino que na Liberdade, em São Paulo dê pra achar. Ela é igual à caneta mostrada abaixo, mas com a diferença de uma ponto mais grossa e dura.
Ela é muito boa de usar. Imita bem o pincel, tem uma modulação de linhas decente e se você não raspar o braço no traço logo depois de fazê-lo, ela não borra.
Acaba soltando um pouco com água, é verdade, então dá pra fazer uns testes com aguadas.
Meu único problema com ela é que, durante o uso, sua ponta começa a perder forma, e vai afinando. De uma ponta cilíndrica homogênea, ela termina com um biquinho fino que quase impede o movimento exato dela. Talvez não seja motivo pra implicância, mas aqui incomoda.
A tinta acaba antes da ponta estragar, o que é ótimo emcomparação com as pontas de feltro/porosas.
Ela vem num pacotinho de plástico que lembra um saquinho, como na caneta acima. Assim como abaixo, ela tem um corpo que imita madeira (mas é de plástico), e um tipo de logo com ideogramas na base. Tampa preta


Pilot Brown Body Brush Pen - Soft Felt Tip
Praticamente a mesma coisa da caneta da Zebra mencionada acima, mas com corpo mais fino, ponta menor e um pouco mais duradoura. Depois que descobri esta, parei um pouco de usar a da Zebra. Esta, da Pilot, tem um traço mais fino, e pros mais grossos acabo usando outras canetas.

Pilot Pocket Brush Pen - Soft

Com ponta mais macia que a da Pilot acima, esta caneta é uma boa para sketches e estudos, mas costumo não usar na arte-final oficial. Ela seca um pouco mais devagar, e isso faz com que eu borre algumas linhas conforme vou movendo o braço pela página. Já num sketchbook, é bem divertida.
Ela é compacta, do tamanho da Pentel Pocket Brush Pen (de cerdas) já mencionada em outros posts. Cabe no bolso e é leve. Tem uma linha no corpo que mostra o nível da tinta, apesar de não ser recarregável.
Como uso pouco, a tinta não acabou ainda e a ponta não estragou de nenhuma forma.

Como sempre, as canetas podem ser encontradas no JetPens, exceto a da Zebra, que eu não achei em nenhum até agora.

Este post tem como objetivo mostrar possibilidades e materiais diferentes que nem sempre optamos por usar, mas que podem facilitar e muito o trabalho do arte-finalista. Apesar de oscilar entre umas e outras, dependendo do trabalho, sempre prefiro voltar ao pincel de verdade. Nos bons dias, o resultado é melhor em todos os aspectos.

Claro, existe a necessidade de saber controlar o material, para obter o resultado que você quer. Não adianta continuar usando um pincel se você quer um resultado de caneta.

Nenhuma habilidade manual boa vem fácil ou inserida no pacote. Existem facilidades, mas tudo pracisa de prática, estudo e dedicação.

Para finalizar o post, segue outra arte-final que fiz como aquecimento. Lembrando que o desenho não é meu, só a arte-final. Esse lápis é do Marko Djurdjevic, seguido da arte-final sem tratamento e depois a mesma com levels e contrastes ajustados.





2 comentários:

Jorge de Barros disse...

Acabei de conhecer esse seu blog e vou recomendar a meus amigos desenhistas. Dicas preciosas.
Quando puder, fique a vontade para passear por estas paragens:
http://desenhistaeroteirista.blogspot.com/
Jorge de Barros

Sam Silva disse...

Caro colega! Fiquei muito feliz em encontrar seu blog. Muito obrigada mesmo pelas dicas, elas me ajudaram muito na hora de comprar as canetas, já que não podemos testar antes de comprar pela internet. Quanto à Zebra, eu comprei a minha pela JetPens. Confere lá, deve ter ainda.

Muito obrigada novamente e uma boa noite!