quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Jornada - uma rápida reflexão

Às vezes eu fico pensando sobre a jornada de um artista.

Acho que existe uma diferença sim, entre ser desenhista e ser artista. Um artista, ao meu ver, é mais curioso, é mais pesquisador. Não se contenta, quer sempre ir além e descobrir novas formas, novas fórmulas. É um tipo de cientista.

E ontem, pensando sobre isso, lembrei de um dos meus maiores desafios como artista: o capítulo 7 de Terapia.

 Esse capítulo, um flashback mostrando a juventude do Terapeuta e dos pais do personagem principal, foi também uma grande homenagem à Histórias das Histórias em Quadrinhos. Pesquisei muito, e recriava meu desenho toda semana, simulando vários artistas, emulando seus traços, a narrativa das HQs daquela época, a paleta de cores, o jeito de fazer o texto dos balões...



Alguns dos meus heróis pessoais foram homenageados e quase chorei quando vi que consegui reproduzir o traço de Will Eisner, um dos - se não O - maior gênio das HQs de todos os tempos (na foto dessa postagem, o rascunho da página que homenageia Eisner). Isso só pra citar um. Ainda tiveram mais: Norman McCay, Ivo Milazzo, Jack Kirby...

Claro, o roteiro do Rob e da Marina era espetacular, e me orgulho de não só ter ilustrado, como contribuído no roteiro em alguns trechos!

Esse capítulo 7, que você pode ler no nosso site (juntamente com todos os outros 6 capítulos), e se preferir, pode comprar a versão impressa, nosso primeiro livro, no Catarse: catarse.me/terapia

Além do livro, que reúne os 7 capítulos e muuuitos extras, você pode escolher mais brindes especiais, como camiseta, pôster, palheta de guitarra, desenhos originais meus, sketchbooks limitados, e pode até fazer uma vaquinha com os amigos e sair pra jantar e/ou tomar uma cerveja comigo, Rob e Marina. Bacana, né?

Então corre lá e garanta o seu!

Nenhum comentário: