sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Evento - Caneco Comics


Hoje vai rolar um bate-papo descontraído regado a um chope artesanal de primeira no Caneco Brew Pub comigo, Digo Freitas (autor de Tinta Fresca e Minha vida de cão), Daniel Sousa (autor de Entrespaço e O Bar do Pântano) e Felipe Tazzo (coautor do Bar com o Daniel)!

Vamos levar nossos mais recentes quadrinhos, também. Estarão à venda e temos maquina de cartão, hehe. É um formato interessante que o Caneco (e nós, também) queremos testar. Quem sabe não criamos um evento mensal nesse formato, com autores de Campinas, região e até de fora? Eu achoque Campinas precisa, e você?

O Caneco Brew Pub fica em Barão Geraldo, na Avenida Atílio Martini, 222.
Acompanhe os eventos do bar no Facebook e siga também no Instagram.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Ser Autor - Dicas de Produtividade

...E começou 2019!!!

Que tal começar o ano com duas novidades? A primeira é a estreia da seção "Ser Autor" aqui no Blog'n'Roll. Dentro dessa seção, irei compartilhar dicas, relatos, ideias e comentários sobre a carreira do quadrinista, mas não só: a vida de ilustrador e do artista em geral também será contemplada, tanto com o foco para profissionais e aspirantes quanto para os entusiastas. Quero que seja bem amplo e quero oferecer muito conteúdo para vocês poderem complementar sua formação artística e profissional.

Existem planos maiores para essa seção, que não se limita ao meu Blog. Espero que me acompanhem por essa nova aventura. Logo teremos mais novidades.

E, enquanto isso, que tal começarmos o ano novo com umas dicas de produtividade?

Esta matéria, publicada pelo Etchr ainda essa semana, traz dicas de 6 grandes nomes da ilustração atual (OK, são internacionais, mas valem as dicas mesmo assim). Entre eles, o Jake Parker, um grande, grande cara de quem eu ainda vou falar muito nessa seção.

Para ler a matéria completa (em inglês), é só clicar NESSE LINK. Abaixo, a introdução traduzida para dar um gostinho.

Deixem seus comentários! Abraços e um excelente ano para tod@s!

======
Dicas de produtividade dos profissionais para um ano cheio de arte
Todo mês de Dezembro começamos com um objetivo nobre: "crescer como artista" ou "melhorar minha técnica". 
...mas o que isso significa de verdade?
Um sublime objetivo rapidamente se torna um sublime peso nas costas: O que eu estava pensando??? "Crescer como artista"? COMO? Praticar todo dia? Praticar o quê? E nos dias de folga? Ou pior: E se eu praticar todo dia, mas mesmo assim me sentir como se estivesse patinando pra trás? Como eu garanto que minha resolução de fim de ano de fato funcione?
Enquanto eu (a autora do post original) estava lendo  "Essentialism: The Disciplined Pursuit of Less", por Greg McKeown, ("Essencialismo", publicado no Brasil pela Editora Sextante, compre aqui) , entendi que ser produtivo não é bem sobre como conseguir fazer MAIS COISAS, mas sim como fazer AS COISAS CERTAS:
...E uma vez que você encontra qual a coisa certa a fazer, então é uma questão de organizar sua rotina e hábitos para atingir seu objetivo.
Então, como criamos uma rotina criativa? Como construímos hábitos produtivos? Estes profissionais criativos foram muito gentis e compartilharam conosco algumas de suas dicas favoritas sobre produtividade. 
Curios@s? Vamos ler o que eles disseram!
- Ânia (autora do post original)

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Entrevista - Como eu escrevo

Oi, pessoal! Saiu durante a CCXP uma entrevista que concedi ao blog Como Eu Escrevo, a convite do José Nunes. Falei bastante sobre meu processo criativo e , como a entrevista é pensada mais para escritores, dei aquela dobradinha pra falar de quadrinhos e desenhos, também.

Ficou bem legal! Veja um trecho a seguir e, para ler a entrevista completa, é só clicar neste link.

Trecho:
Como você lida com as travas da escrita, como a procrastinação, o medo de não corresponder às expectativas e a ansiedade de trabalhar em projetos longos?
Bom, tem várias coisas aí no meio. Vamos por partes.
Se a trava é criativa, você precisa de repertório, referências. Às vezes, você precisa olhar pra lados que não costuma olhar. Ver um filme de terro pra escrever um poema, sei lá. Ouvir ópera pra desenhar a guerra. Nossa mente consegue fazer pontes incríveis entre as coisas, e quanto mais diverso seu repertório, mais conexões você consegue fazer e mais interessantes elas serão.
Procrastinar, eu acho, tem a ver com insegurança e preguiça. As duas coisas são possíveis de vencer. Como falei, romper a inércia é complicado, e precisa ser feito. Encontrar uma rotina bacana que te favoreça é importante. Organizar seu workspace (o mental, inclusive), ajuda muito. Tirar as distrações de perto, focar de verdade no que precisa ser feito. A insegurança se liga ao próximo ponto, o medo de não atender as expectativas.
Expectativas de quem, meu jovem? As suas ou do seu público? A gente tem que parar se são tão exigentes conosco. Muita gente, especialmente os iniciantes, acham que precisam fazer uma obra-prima logo de primeira, algo similar às grandes obras dos grandes nomes da área. E não, não precisam. Você só precisa produzir. Arte é evolução, seu trabalho atual sempre será pior que o próximo. Tem que ser assim, tem que haver produção constante, estudo e evolução. Tenha autocrítica, mas não se sabote. Tem coisas que são além da produção, da arte. Já vi muita gente tecnicamente boa, criativa, mas que por questões internas, pessoais, sociais, psicológicas, sei lá, se mantém travadas e inseguras. Procure formas de vencer isso.
x

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Lançamento - ELAS

Mais um lançamento confirmado para a CCXP 2018! Conheça ELAS, a segunda edição da Série Sketchbook.



A segunda edição da Série Sketchbook do quadrinista e ilustrador Mario Cau traz uma seleção de desenhos de nu artístico feminino, que nasceu de uma série de desenhos produzida para a revista virtual Monotipia, entre 2010 e 2012. “Elas” compila 32 ilustrações publicadas na revista e outras produzidas ao longo dos anos seguintes.

Inicialmente pensada como estudos de anatomia e movimento, a série evoluiu para registros inspirados na força e liberdade feminina em suas diversas formas. Além de um registro da série de desenhos, é também o registro do processo de reflexão e compreensão de questões importantes sobre as mulheres e nosso tempo. Um processo de pesquisa que reflete uma evolução técnica do desenho e também da abordagem e reflexão do tema.

Para o artista, que entende sua produção como um reflexo do seu tempo, expressão e conceitos, produzir é questionar, discutir, debater. Para o homem, que entende não ser esse seu lugar de fala, fica a esperança de que ”Elas” mostre a admiração e apoio incondicional a essa luta por parte do autor.

Estarei na Mesa F43, no Artist Alley da CCXP. Nos encontre lá!


===
Informações:
Elas
Série Sketchbook #2

44 páginas em cores
Papel offset 90g
Capa couche fosco 250g

Tiragem limitada e numerada de 200 exemplares

Indicada para leitores maduros – contém nudez.

R$ 15,00

ISBN: 978-85-917650-4-1

Para adquirir exemplares após o lançamento: www.mariocau.lojaintegrada.com.br
====

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Como nasce um livro? - Palestra

Neste sábado, 24/11, componho a mesa "Como nasce um livro", na 2a. Jornada Literária de Campinas



Para acompanhar o evento e ver a agenda das outras mesas e oficinas, acompanhe no Facebook por este link.


Minha mesa vai ser às 16h, na Casa de Vidro
Avenida Heitor Penteado, 2145. Lago do Café. Campinas - SP


segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Monstruário Vol.2 - Informação Importante!

Queridos amigos leitores, temos informações importantes sobre a produção e lançamento
do segundo volume de MONSTRUÁRIO. Uma notícia ruim... E outra muito boa.


Os autores, juntamente com a editora Marsupial / Jupati Books, comunicam que, infelizmente,
o segundo volume de Monstruário não ficará pronto a tempo de ser lançado na CCXP,
em dezembro de 2018, como estava planejado.


Nosso principal compromisso é manter a mesma qualidade de roteiro, arte, material
extra e impressão do primeiro volume, o que acabou fazendo com que a produção do
livro tenha se mostrado mais complexa do que havíamos previsto originalmente.


Pedimos mil desculpas a todos que estavam ansiosos por continuar acompanhando a
incansável busca da Lúcia Drummond pela verdade sobre os monstros, mas garantimos
que a espera valerá a pena! MONSTRUÁRIO Volume II será lançado no primeiro
semestre de 2019. E, enquanto isso, temos também uma outra notícia.

Uma EXCELENTE notícia!


Para matar um pouco a saudade desse nosso mundo regido por medos e povoado por
monstros, resolvemos antecipar a produção de uma HQ ambientada neste universo e
que tínhamos previsto lançar originalmente após o segundo volume.


Preparem-se para MONSTRUÁRIO - Arquivos Secretos, uma nova série, independente
e em tiragem limitada, que dá continuidade ao universo apresentado nos Volumes I e II.
E, na primeira edição, reencontramos o professor Aldo Finsternis em “Vox Nihili”.


Lançamento na CCXP 2018. Garanta o seu exemplar autografado (e limitado!) com
Lucas Oda e Mario Cau na Mesa F43 do Artist Alley!





segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Várias Entrevistas!

Oi, pessoal! Todos bem?
Esse mês de setembro está sendo super intenso, com vários eventos. E, no meio de tudo isso, consegui ainda gravar algumas entrevistas. Reuni todas aqui por enquanto. Sigam os canais que as postaram pois os conteúdos são muito bacanas e o pessoal merece a força!

Durante os eventos da Banca de Quadrinistas do Itaú Cultural, gravei um divertido vídeo pro José Zinerman, um cara incrível que é precursor de todas as formas de mídias alternativas que você imaginar. Ele fazia podcast antes da internet, gravando o conteúdo dos seus zines em fitas K7 pro pessoal ouvir em walkman, coisa que estava começando a aflorar na época. Depois, em vídeos e VHS, e mais tarde na internet, ele sempre esteve pioneiro. Vale conferir o trabalho dele no Facebook.

Também durante minha estadia em São Paulo, fui até o charmoso Dona Marmitinha pra conversar com os caras do Intervalo pro Café! O papo foi longe, e a maior parte dele está no vídeo do canal do YouTube, e algumas perguntas extras foram pros posts do Instagram deles.


 E também tirei um tempinho aqui no estúdio para gravar um vídeo muito especial. A convite da professora Janaína, respondi as perguntas dos alunos do sexto ano, que estava na época de estudar HQs! As perguntas eram muito bacanas e foi um baita prazer participar desse projeto. A professora Janaína postou o vídeo, na íntegra, em seu canal do YouTube. Em breve, também vou subir o vídeo no meu canal.



Agradeço demais a todos pelo espaço para falar do meu trabalho e arte, pelo interesse e pela simpatia!


segunda-feira, 24 de setembro de 2018

ArtDrop em São Paulo

Durante os eventos da Banca de Quadrinistas, no Itaú Cultural (dias 15 e 16 de setembro), fiz mais uma ação de ArtDrop (ou ArtHunt) na cidade. Uma arte original foi colocada bem no meio da Avenida Paulista, deixada lá para quem quisesse pegá-la.

Veja as fotos da ação abaixo:




Vale lembrar que ninguém se manifestou por ter encontrado ou pego o ArtDrop de Campinas e este, em São Paulo. Não é obrigatório, mas é muito legal ter um contato com quem encontrou, especialmente se não for um leitor ou fã de artes que já me conheça.

A ideia primcipal de ArtDrop é espalhar arte pelo mundo! Se fizer também, não deixe de colocar as hashtags #ArtDrop e #ArtHunt e boa aventura!

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Resenha - Terapia pelo Pinguim Tagarela

Oi, pessoal!
Receber resenhas, críticas e opiniões de um trabalho é sempre muito importante para o autor. Seja um trabalho em andamento, já publicado ou mesmo já finalizado, é muito bom saber como a obra foi recebida e interpretada pelos leitores.

Terapia, webcomic premiada que eu, Rob e Marina produzimos por 7 anos, e concluída em 2018, é uma das minhas obras que mais gerou esse tipo de retorno. Seja na opinião sincera dos leitores, na resenha de especialistas, jornalistas ou de outros autores que recebíamos ao longo dos 7 anos, e mesmo agora, com a HQ finalizada, sempre ficamos muito gratos pelo carinho e atenção.

Para os autores, ter esse tipo de retorno é essencial pois nos ajuda a entender o que funcionou e o que não funcionou; como as ideias foram interpretadas a partir do que entregamos e o que poderíamos considerar para o caminho que está à frente.

Essa semana recebemos mais uma resenha de Terapia, dessa vez assinada pela Diovana Cougo de Vargas, do site Pinguim Tagarela! Ficamos muito gratos e gostaríamos de compartilhar com vocês. Então é só clicar no link a seguir para ler. Não deixem de conhecer o trabalho do Pinguim Tagarela, também.

Para ler a resenha do Pinguim Tagarela, clique aqui!

Para ler (ou reler!) Terapia, completa e gratuitamente, clique aqui!

Para comprar o livro Terapia Vol. 1, por enquanto só em lojas virtuais e algumas físicas (eu não tenho mais comigo),então fiz essa busca aqui para vocês.

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Evento - Palestra no "Caminhos da HQ"

Além da minha participação nos dias 15 e 16 de setembro, nas mesas da Banca de Quadrinistas do Itaú Cultural, também sou palestrante convidado do Caminhos da HQ! Vou palestrar sobre possibilidades de narrativa e como construir formas mais interessantes de se contar uma história em quadrinhos. Vou usar bastante da experiência de Terapia e dar exemplos interessantes de outras HQs e autores. 

====


Quadrinhos Fora da Caixa – como Usar Arte a Favor da Narrativa
com Mario Cau
A linguagem dos quadrinhos, as possibilidades de contar uma história nesse formato e a construção de uma voz própria do autor. Mario Cau apresenta exemplos não usuais para a composição de páginas, simbologia e metáforas aplicadas a arte e texto.

Mario Cau  é quadrinista e ilustrador. Iniciou a carreira em 2004 e participou de diversos títulos no Brasil e no exterior. Autor da série Pieces, com nova edição em 2016, e da graphic novel Morphine. Neste ano está editando e ilustrando o livro de memórias de sua avó: Paschoa – Memórias de Minha Infância. Vencedor dos prêmios Jabuti, HQMIX e Angelo Agostini, também é professor na Pandora Escola de Arte.

Sexta, 14 de setembro de 2018 às 19h, no Itaú Cultural